top of page

Diretor da Dolphin Rio é entrevistado em revista da administradora CIPA

O diretor da Dolphin Rio, Andre Pereira, é um dos entrevistados de julho/agosto/setembro da Revista “Condomínio e etc”, da CIPA, que circula na Cidade do Rio de Janeiro.

Leia o texto da matéria transcrito abaixo: ELIMINADOR DE AR: UMA BOA OPÇÃO

Se o seu condomínio quer, além de individualizar, economizar ainda mais, ele pode investir também num eliminador de ar. Andre Pereira é diretor da Dolphin Rio, empresa que vende e instala esse tipo de equipamento, e garante: “Pelo histórico de nosso de nossos clientes podemos aferir uma economia média de 30% a 35%”. O diretor da Dolphin Rio explica: “Os eliminadores são colocados antes do hidrômetro e têm a função de expulsar o ar dali por meio de ventosas e purgadores. A própria Cedae usa esses equipamentos. Podemos vê-los nas tubulações aparentes em alguns pontos da cidade. Ela usa porque sabe que tem ar dentro da tubulação”, explica.

E o que acontece quando não se tira o ar da tubulação? Ele é contabilizado pelo hidrômetro como água! E você paga por isso.

“Há 20 anos essa problemática apareceu e então surgiu o eliminador, em 1997. E entre os direitos e deveres da Cedae não está o de cobrar pelo ar. O que regula sua atuação é o Decreto Estadual 553/76, que diz que ela pode, deve tratar e distribuir água à população e também recolher o esgoto, tratá-lo e descartá-lo. Mas o ar não está previsto na concessão pública. E desde 1990, o Código de Defesa do Consumidor o protege de cobranças indevidas”, explica Pereira. É IMPORTANTE NÃO CONFUNDIR BLOQUEADORES COM ELIMINADORES DE AR O que o consumidor pode fazer para se proteger é instalar o eliminador antes do hidrômetro. Mas é importante não confundir eliminadores de ar com bloqueadores de ar. Eliminadores funcionam com ventosas e purgadores, que expulsam o ar de dentro da tubulação e não exigem praticamente nenhuma manutenção.

Segundo o diretor da Dolphin Rio, “os bloqueadores não diferenciam o que é ar e o que é água e funcionam com a pressão de molas. Se o ar for maior do que a pressão da mola, ele entra, assim como a água. Mas se a pressão for menor do que a tensão da mola, não entra. A questão é que as molas desregulam rápido. Sem contar que a tubulação pode estourar por conta da pressão”.

LOCAIS COM MAIS AR NA TUBULAÇÃO As características de distribuição de água são bem diferentes. Próximo à adutora normalmente há menos ar nas tubulações. Quanto mais longe, mais ar. Também há grande incidência nos finais de rede e nos locais mais altos. Portanto, se seu condomínio está num desses locais ou mesmo se você quer diminuir sua conta de água, que tal investir num eliminador de ar? Dolphin Rio Tel.: 3325-2200/3325-4559 Confira o site da Revista!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page